30 de maio

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
7/05/20 às 17h49 - Atualizado em 7/05/20 às 17h49

Ações para combater o coronavírus e o mosquito Aedes ocorrem no Itapoã

No início da quinta-feira (07.05), profissionais e agentes da Diretoria de Vigilância Ambiental (Dival) – inclusive estando presente o diretor geral do órgão, Edigar Rodrigues de Sousa -, do Corpo de Bombeiros, das Secretarias Executivas das Cidades e de Políticas Públicas da Secretaria de Governo e da Administração Regional do Itapoã se uniram mais uma vez para fortalecer o combate ao coronavírus, causador da Covid-19, e ao mosquito Aedes aegypti, transmissor de dengue, zika, chikungunya e febre amarela.

As ações estratégicas são parte do cronograma de atividades do Sanear-DF e um de seus “braços”, o Sanear Dengue. Juntos, têm como objetivo vistoriar, higienizar, sanitizar e eliminar riscos em áreas e equipamentos públicos, além de conscientizar e orientar a população das cidades sobre a importância de evitar aglomerações e contato social, higienizar mãos e superfícies, usar máscara, como eliminar focos e prevenir a infestação do mosquito, dentre outras. Esta foi a vez do Itapoã.

10 viaturas, dois veículos com UBV Pesado (fumacê) e máquinas de remoção de entulho e lixo equiparam 100 profissionais que se espalharam por toda a cidade, colocando em prática a força-tarefa que está ativa diariamente e vai atender todo o Distrito Federal.

 

O cenário:

Em todo o DF, em boletim divulgado às 12h10 de 07 de maio, foram registrados 2.093 contaminados e 35 óbitos por Covid-19 (fonte: Secretaria de Saúde).

De acordo com Boletim Epidemiológico da Secretaria de Saúde do Distrito Federal publicado no dia 1° de maio, até 18 de abril, foram notificados 22.090 casos prováveis só de dengue (não contabilizando as demais causadas pelo mosquito Aedes), um aumento de 76,76% em comparação ao mesmo período do ano anterior, quando registraram 12.497 ocorrências. Ao todo, 14 óbitos foram confirmados.

Por esses e outros motivos é tão importante a iniciativa do GDF.

 

O programa:

O Sanear-DF foi proposto pela Secretaria Executiva das Cidades, vinculada à Secretaria de Governo, e pela Diretoria de Vigilância Ambiental em Saúde (Dival) a partir do Decreto nº 40.550, de 23 de março de 2020, que dispõe sobre as medidas para enfrentamento da emergência de saúde pública decorrente do novo coronavírus.

Participam conjuntamente desse projeto as administrações regionais do DF, as secretarias de Comunicação, Transporte e Mobilidade, Segurança Pública, Políticas Públicas, Educação, DF Legal, o Serviço de Limpeza Urbana (SLU), o Departamento de Trânsito do DF (Detran-DF), o Departamento de Estradas de Rodagem do DF (DER-DF) e a Companhia de Saneamento Ambiental do DF (Caesb).

GDF, é tempo de ação, é tempo de prevenção.

 

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros